Please use this identifier to cite or link to this item: bdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/639
Title: Estudo da aplicação da legislação da educação do campo na realidade educacional quilombola na comunidade São Judas Tadeu no município de Bujaru - Pará
Advisor: LOUREIRO, João Paulo Borges
Authors: CONCEIÇÃO, Elisangela Maria da
SILVA, Luis Conceição
Keywords: Educação do campo - Leis
Educação quilombola
Quilombolas - Realidade educacional
Issue Date: 2015
Publisher: UFRA/ Campus Tomé Açú (PA)
Citation: CONCEIÇÃO, Elisangela Maria da; SILVA, Luis Conceição. Estudo da aplicação da legislação da educação do campo na realidade educacional quilombola na comunidade São Judas Tadeu no município de Bujaru - Pará. Orientador: João Paulo Borges Loureiro. 2015. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Universidade Federal Rural da Amazônia, Plano Nacional de Formação de Professores, Campus Tomé-Açu, PA, 2015.
Resumo: Discussões têm sido feitas em todo o país referente à igualdade racial, buscando- se novas alternativas de se propiciar uma educação de qualidade para todos. Especialmente quando se trata da educação do campo, Leis têm sido criadas como a Resolução nº08, de 20 de novembro de 2012, que cria a educação quilombola a qual será usada como fonte de estudo no presente trabalho e as demais leis, pertinentes à educação quilombola, necessárias para as garantias de direitos fundamentais dessas camadas que foram espoliadas durante séculos em nossa sociedade por isso a intenção de se estudar a aplicação da legislação da educação do campo na realidade educacional quilombola na comunidade são Judas Tadeu no município de Bujaru e levantar discussões e anseios sociais que possam garantir a eficácia da aplicabilidade das leis e diretrizes propostas para que possam penetrar, ainda, de forma eficaz, clara e transformadora, na escola do campo e quilombola, tais escolas como instituições sociais educativas que passe a valorizar o homem do campo e no campo. A pesquisa em desenvolvimento visa verificar se existe uma disciplina sobre cultura afro brasileira, relacionar o dia dos educandos com as obrigações contidas na lei, verificar se esta sendo cumprido o artigo 14 da LBD, que garante a gestão democrática na escola. Vale ressaltar que para os educandos quilombolas não é suficiente apenas para desenvolver saberes e competências dentro da sala de aula é preciso que compreendam como e porque são tomadas certas decisões no sistema de ensino; quais relações de poder há nessas decisões, e quais as implicações das decisões tomadas em torno desta realidade emerge, assim, um novo processo educativo, no qual a educação do campo, quilombola possa ser de qualidade e democrática participativa adquire dimensão articuladora dos recursos humanos, burocráticos e financeiros, objetivando fazer da educação, do campo quilombola formal, quanto não formal espaço de formação crítica e cidadã. Uma escola democrática participativa é concebida como elemento de democratização, auxiliando a compreensão e discriminação da cultura afra brasileira na instituição escolar e em seus processos de articulação das relações sociais existentes na comunidade onde a escola esta inserida.
Abstract: Discussions have been made across the country related to racial equality, seeking new alternatives to provide a quality education for all. Especially when it comes to the field of education, laws have been created as Resolution nº08, of 20 November 2012 establishing a maroon education which will be used as a source of study in this paper and other laws relevant to the quilombola education necessary for the fundamental rights provisions in these layers that have been plundered for centuries in our society so we intend to study the application field of education legislation in maroon educational reality in the community are Judas Tadeu in Bujaru municipality and raise discussions and social anxieties that can guarantee the effectiveness of applicable laws e diretrizes proposals so that they can penetrate also effective, clear and transformative way, the field school and maroon such schools as social educational institutions pass to value the farmer and in the field. Research in development is to determine whether there is a discipline on Brazilian African culture, relate the day the students with the obligations contained in the law, to determine whether that being complied with Article 14 of the LBD, which guarantees the democratic management in school. It is noteworthy that for the Maroons students is not enough just to develop knowledge and skills in the classroom we need to understand how and why certain decisions are taken in the education system; which relations of power for these decisions, and what the implications of the decisions taken around this reality emerges thus a new educational process, in which education field, maroon can be quality and participatory democratic acquires dimension articulator of human resources, bureaucratic and financial, aiming to education, formal maroon field, as no formal space-critical training and citizen. A participatory democratic school is conceived as a democratizing element, aiding understanding and discrimination of Brazilian African culture in schools and in their articulation of processes of social relations in the community where the school is located.
URI: bdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/639
Appears in Collections:PARFOR - Licenciatura em Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
estudo da aplicação da legislação....pdf710,21 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons