Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/1888
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorTAKAKI, Elton Daisen Tabashima-
dc.date.accessioned2021-10-06T18:30:31Z-
dc.date.available2021-10-06T18:30:31Z-
dc.date.issued2004-09-10-
dc.identifier.citationTAKAKI, Elton Daisen Tabashima. Análise da captura do camarão rosa Farfantepenaeus subtilis (Pérez Farfante, 1967), Na área da pesca comercial. Orientador: Mutsuo Asano Filho. 2004. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca) – Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Belém, 2004.en_US
dc.identifier.uribdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/1888-
dc.language.isopt_BRen_US
dc.publisherUFRA/ Campus Belémen_US
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectCamarão-rosa (Fafantepenaeus subrilis [Pérez Farfante, 1967]en_US
dc.subjectCaptura de camarãoen_US
dc.subjectPesca de arrastoen_US
dc.subjectCosta norte - Brasilen_US
dc.titleAnálise da captura do camarão rosa Farfantepenaeus subtilis (Pérez Farfante, 1967), Na área da pesca comercialen_US
dc.typeTCCen_US
dc.description.resumoNesta pesquisa fez-se a análise da captura do camarão-rosa Fafantepenaeus subrilis (Pérez Farfante, 1967), nos arrastos de camarão realizados por embarcações da frota industrial, À utilizando o método double-rig, do tipo gib, realizado em um cruzeiro de pesquisa durante o período de 9 a 25 de julho de 2004. Com base no estudo obteve-se a composição das capturas por comprimento e pesqueiro. Foram capturados 4.414 indivíduos, cujo comprimento total variou de 740 mm a 194,0 mm em profundidades baixas, foram registradas as menores médias de comprimento com 127,0 mm, 128,6 mm e 130,7 mm nos pesqueiros “Pula-pula”, | “Malvino” e “Praia Grande, respectivamente, enquanto que as maiores foram 147,6 mm e É 1497 mm no pesqueiro “3º35” e “Mero”, respectivamente. Na observação da proporção sexual por classe de comprimento a maioria dos indivíduos concentrou-se no intervalo de de 1090 mm a 169,0 mm, sendo que no intervalo de 109,0 a 129,0 mm houve um maior número — de machos em relação as fêmeas e no intervalo de 139,0 a 169,0 mm houve a predominância* — de fêmeas com diferença estatística significante ao nível de 1 %, A partir do centro de classes É — de comprimento de 169,0 mm foram encontrados apenas indivíduos do sexo feminino. As É fêmeas capturadas durante o cruzeiro apresentaram comprimentos totais médios acima dos* — comprimentos de primeira maturação proposto por Isaac et al., (1992) e Porto & Santos a (1996) do total de 2402 fêmeas analisadas apenas 59 estavam abaixo do tamanho de primeira maturação o que corresponde 2,46 % e do total de 2.012 machos analisados apenas 9 estavam a baixo do comprimento de primeira maturação, o que corresponde 0,45 % .en_US
dc.contributor.advisor1ASANO FILHO, Mutsuo-
Appears in Collections:Relatório de Estágio Supervisionado Obrigatório - ISARH - Engenharia de Pesca



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons