Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/2160
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCUNHA, Danilo Silveira-
dc.date.accessioned2022-05-20T18:28:02Z-
dc.date.available2022-05-20T18:28:02Z-
dc.date.issued2006-
dc.identifier.citationCUNHA, Danilo Silveira. Estudo da distribuição e ocorrência dos recursos pesqueiros (peixes ósseos e peixes cartilaginosos), na costa norte do Brasil, realizado por meio de pescarias exploratórias com espinhel vertical demersal. Orientador: Mutsuo Asano Filho. 2004. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca). - Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Belém, PA, 2004.en_US
dc.identifier.uribdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/2160-
dc.language.isopt_BRen_US
dc.publisherUFRA/Campus Belémen_US
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectPeixes ósseosen_US
dc.subjectPeixes cartilaginososen_US
dc.subjectEspinhel dermersal - Pescarias exploratóriasen_US
dc.subjectCosta norte do Brasilen_US
dc.titleEstudo da distribuição e ocorrência dos recursos pesqueiros ( peixes ósseos e peixes cartilaginosos), na costa norte do Brasil, realizado por meio de pescarias exploratórias com espinhel vertical demersalen_US
dc.typeTCCen_US
dc.description.resumoO levantamento da distribuição e ocorrência de peixes ósseos e peixes cartilaginosos, na costa norte do Brasil, realizado por meio de pescarias exploratórias com espinhel vertical dersal, foi estudada a partir de prospecções pesqueiras efetuadas com o Navio de Pesquisa Almirante Paulo Moreira nos anos 2004 c 2005, tendo como objetivo geral, avaliar a captura dos recursos pesqueiros (peixes ósseos e peixes cartilaginosos) na costa Norte do Brasil por meio de pescarias com espinhel demersal. No total foram efetuados três cruzeiros de pesquisa ao longo do litoral dos estados do Amapá, Pará e Maranhão, foram realizados 49 lances de pesca efetivos em profundidades variando de 40,0 m a 840 m. O tempo de imersão do apetrecho de pesca foi de 4 horas. No geral foram capturadas e identificadas 8 espécies de peixes ósseos e espécies de Peixes cartilaginosos, com um total de 57,87 Kg de pescado, a garoupa Acanthistius brasiliana, Convier, 1828 foi a espécie de peixe óssco mais representativa com 17,50 kg e cerca de 30,24 % do total e o pacamão Batrachoides surinamensis (Bloch & Schneider, 1801) a menos representativa com 0,20 kg e cerca de 0,35 % do total. À única espécie de peixe cartilaginoso capturada foi o tubarão martelo Spinnna zygaena (Linnacus, 1758) com 10,50 kg. apresentando rendimento de 0,38 kginº anzol. Não houve captura nos extratos de profundidade acima de 200 m. Com a utilização de espinhel vertical demersal, verifica-se uma maior captura dos peixes ósseos em relação aos peixes cartilaginosos.en_US
dc.contributor.advisor1ASANO FILHO, Mutsuo-
Appears in Collections:Relatório de Estágio Supervisionado Obrigatório - ISARH - Engenharia de Pesca

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARCELO-JUC-COSTA-NEGRO.pdf1,96 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons