Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/2209
Title: Avaliação da toxidade aguda do herbicida 2,4-D para moina spp (crustacea, cladocera)
Advisor: MELO, Nuno Felipe Alves Correia de
Authors: REIS, Silva Helena Oliveira dos
Keywords: Moina spp. - Crustáceo
Herbicida 2,4-D, CL50 - Concentração letal
Agrotóxicos - Avaliação de toxicidade
Toxicologia aquatica
Issue Date: 2007-10
Publisher: UFRA/Campus Belém
Citation: REIS, Silva Helena Oliveira dos. Avaliação da toxidade aguda do herbicida 2,4-D para moina spp (crustacea, cladocera). Orientador: Nuno Felipe Alves Correia de Melo. 2007. 53 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca) – Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Belém, PA, 2007
Resumo: Os agrotóxicos presentes em corpos d 'água podem penetrar nos organismos aquáticos através de diversas maneiras e ocasionar vários problemas. Existem inúmeros estudos onde foram utilizados organismos aquáticos para se avaliar a toxicidade de agrotóxicos pertencentes a diferentes classes químicas. Entre os organismos utilizados, os cladóceros, microcrustáceos da classe Branchiopoda, são considerados um dos organismos mais utilizados para bioensaios, sendo o grupo recomendado para representar os invertebrados aquáticos. No presente estudo foi utilizado espécimes de Moina spp, pois além de todas as vantagens apresentadas pelo uso deste organismo, não existe na literatura protocolos definidos para testes toxicológicos com a espécie. O presente estudo objetivou principalmente, conhecer a toxicidade aguda do Herbicida 2.4-D para Moina spp e determinar a concentração letal CL₅₀; 48 horas do agroquímico para esse representante da superclasse cladocera. Para isso foi necessário manter uma cultura em laboratório dessa espécie a qual era diariamente alimentada a partir de uma suspensão algal (Scenedesmus sp) e um suplemento alimentar à base de ração para peixe. Os organismos-testes (neonatos de 6 a 24 horas) foram provenientes de fêmeas ovigeras. Inicialmente realizou-se um teste preliminar para definir as concentrações que seriam utilizadas no teste definitivo. Para o bioensaio, foram analisados 6 tratamentos, com um tratamento denominado controle, e para cada diluição foram expostos 30 organismos, com três réplicas, sendo 10 por diluição. Ao final do ensaio verificou-se através do teste de tukey que todos os níveis de concentração, mesmo a mais baixa causou mortalidade aos organismos e que tais diferiram significativamente em relação ao controle. Houve também diferença significativa entre 4º (300 ppm) e o 5º (250 ppm) tratamento comprovando que a concentração letal provavelmente estaria entre 250 ppm e 300 ppm. Para determinação precisa da CL₅₀; 48 horas do herbicida 2,4-D para Moina spp, correspondendo a 267,14 ppm com intervalo de confiança de 95%. O controle foi mantido sob as mesmas condições experimentais das amostras expostas ao 2,4-D, apresentaram crescimento normal comprovando assim, que os organismos testes encontraram-se em condições adequadas para sua utilização e que as condições laboratoriais não afetaram sua sobrevivência. O cultivo dos organismos-teste no período de execução desta pesquisa foi realizado com sucesso, fato assegurado pelos resultados do teste desenvolvido. Dessa maneira os resultados deste trabalho sugerem que o uso de herbicidas apresenta risco de impacto, mesmo quando utilizado em baixas concentrações, sobre o bioindicador Moina spp.
Abstract: The agrotoxies gifts in bodies of water they can penetrate in the aquatic organisms through diverse ways and to cause some problems. Inuumerable studies exist where the different chemical classrooms had been used aquatic organisms to evaluate the toxicidade of pertaining agrotoxics. Between the used organisms, the cladocers, microcrustaceans of the Branchiopoda Classroom, are considered one of the organisms more used for bioassays, being the recommended group to represent the aquatic invertebrates. In the present study spp was used specimens of Moina ssp, because beyond all the advantages presented for the use of this organism, it does not exist in literature protocols defined for toxicolagics tests with the species. The present study it objectified mainly, to know the acute toxicidade of the Herbicids 2,4-D for Moina spp and to determine lethal concentration CLSO; 48 hours of the agroquimics for this representative of the superclassroom cladocera. For this it was necessary to keep culture in laboratory of this species which was daily fed from a algal suspencion (Scenedesmus sp) and an alimentary supplement to the base of ration for fish. The organism tests (neonatos of 6 the 24 hours) had been procecding from females ovigeras, Initially a preliminary test was become fulifilled to define the concentrations that would be used in the definitive test. For the bionsaio, 6 treatments had been analyzed, with a called treatment control, and for cach dilution 30 organisms had becn displayed, with three rejoinders. To the end of the assay it was verficou through the test of tukey that all the concentration levels, exactly lowest caused mortality to the organisms and that such had differed significantty in relation to the control. It also had significant difference between 4º (300 ppm) and 5º (250 ppm) treatment proving that the lethal concentration probably would be between 250 ppm and 300 ppm. For necessary determination of the C1.50; 48 hours of the herbicid 2,4-D for Moina spp, corresponding the 276,14 ppm with reliable interval of 95% The control was kept under the same experimental conditions of te samples displayed to 2,4-D, had presented normals growth this proving, that the organisms tests had met in conditions adjusted for its use and that the laboratoriais conditions had not affected its survival. The culture of the organism-test in the períod of exccution of íhis rescarch was successfully carried through, fact assured for the results of the developed test. In this way the results of this work suggest that the use of herbicidas presents impact risk, exactly when used in low concentrations, on the bioindicador Moina spp.
URI: bdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/2209
Appears in Collections:Relatório de Estágio Supervisionado Obrigatório - ISARH - Engenharia de Pesca

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliação da toxidade aguda do herbicida 2,4-D para moina spp (crustacea, cladocera).pdf8,02 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons