Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/224
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMARTINS, Gleyce Valadares-
dc.contributor.authorMAIA, Jéssica Évelin Sales-
dc.date.accessioned2019-01-29T16:37:40Z-
dc.date.available2019-01-29T16:37:40Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationMARTINS, Gleyce Valadares; MAIA, Jéssica Évelin Sales. Caminhos para uma educação inclusiva: proposta metodológica no processo de ensino-aprendizagem de pessoas com deficiência intelectual. 2018. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Computação) – Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2018.en_US
dc.identifier.uribdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/224-
dc.description.abstractThe main objective of this research is to present a methodological proposal, based on the basic principles of inclusion, for the teaching of computers, with the aim of this study being People with Intellectual Disabilities. The purpose of this study is to focus on factors related to teaching and learning strategies that facilitate, hinder or impede the learning and educational inclusion of people with intellectual disabilities. The research was carried out at the Amazon Accessibility, Inclusion and Technology Center - ACESSAR / UFRA within the scope of the SEMENTES DIGITAIS project, which has among its objectives and actions the teaching of computers for people with disabilities. Fifteen students from the Yolanda Martins School with intellectual disability participated in this study. In this process, 2 classes of basic information technology were offered with C.H of 4 hours per week and lasting for 2 months. As methodological strategies were used the methodology Based on projects and the Montessorian Method. According to considering the cognitive characteristics of people with intellectual disabilities, during the meetings an analysis of the inherent aspects of each methodology that significantly influenced the learning process and the inclusion process was performed. From this analysis a new method was proposed in order to enable these individuals to overcome the methodological access barriers imposed on them. In this direction, it was possible to prove that in the teaching-learning process when considering the characteristics, limitations and potentialities of people with intellectual disabilities and when applying appropriate methodologies that consider human diversity, it is possible that students with cognitive limitations can learn the proposed content developing its independence and autonomy - important conditions for inclusion to take place in all its dimensions.en_US
dc.language.isopt_BRen_US
dc.publisherUFRAen_US
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectEnsino de informáticaen_US
dc.subjectEnsino de informática - Deficiência intelectualen_US
dc.subjectNúcleo Amazônico de Acessibilidade, Inclusão e Tecnologiaen_US
dc.subjectProjeto Sementes Digitaisen_US
dc.titleCaminhos para uma educação inclusiva: proposta metodológica no processo de ensino-aprendizagem de pessoas com deficiência intelectualen_US
dc.typeTCCen_US
dc.description.resumoEsta pesquisa tem como objetivo superior apresentar uma proposta metodológica, fundamentada nos princípios básicos da inclusão, para o ensino de informática, tendo como público-alvo deste estudo as Pessoas com Deficiência Intelectual. O objeto deste estudo centra-se nos fatores relacionados às estratégias de ensino e aprendizagem que facilitam, dificultam ou impedem o aprendizado e a inclusão educacional de Pessoas com Deficiência Intelectual. A pesquisa foi realizada no Núcleo Amazônico de Acessibilidade, Inclusão e Tecnologia – ACESSAR/UFRA no âmbito do projeto SEMENTES DIGITAIS que tem, dentre seus objetivos e ações o ensino de informática para Pessoas com Deficiência. Participaram desta pesquisa 15 alunos da Escola Yolanda Martins com Deficiência Intelectual. Neste processo, foram ofertadas 2 turmas de informática básica com C.H de 4 horas semanais e com duração de 2 meses. Como estratégias metodológicas utilizou-se a Metodologia Baseada em Projetos e o Método Montessoriano. Considerando as características cognitivas das Pessoas com Deficiência Intelectual, durante os encontros foi realizada análise dos aspectos inerentes a cada metodologia que influenciavam de forma significativa na aprendizagem e no processo de inclusão. A partir desta análise foi proposto um novo método a fim de possibilitar que estes indivíduos suplantassem as barreiras de acesso metodológico a eles impostas. Foi possível comprovar que no processo de ensino-aprendizagem quando se considera as características, limitações e potencialidades das pessoas com Deficiência Intelectual e quando se aplicam metodologias adequadas que considerem a diversidade humana, é possível que os alunos que têm limitações cognitivas conseguem aprender os conteúdos propostos desenvolvendo a sua independência e autonomia – condições importantes para que a inclusão aconteça em todas as suas dimensões.en_US
dc.contributor.advisor1Monteiro, Adna Melo-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2982979519193925pt_Br
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9801585633795379pt_Br
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2706413041599661pt_Br
Appears in Collections:TCC - ICIBE - Licenciatura em Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Gleyce e Jessica - Alterações sugeridas pela banca 13.03 (impressao).pdf707,71 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons