Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/2258
Title: O método de linguagem estruturada multissensorial  como estratégia na alfabetização de crianças com dislexia.
Advisor: MONTEIRO, Adna Melo
Authors: COSTA, Antonia Dielle Sousa
Keywords: Linguagem Estruturada Multissensorial (LEM)
Dislexia - Transtorno de aprendizagem
Crianças com dislexia - Processo de alfabetização
Issue Date: 2021
Publisher: UFRA/Campus Belém
Citation: COSTA, Antonia Dielle Sousa. O método de linguagem estruturada multissensorial como estratégia na alfabetização de crianças com dislexia. Orientadora: Adna Melo Monteiro. 2021. 13 f. Monografia (Especialização em Educação Especial e Inclusão Socioeducacional) - Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Belém, PA, 2021. Disponível em: http://bdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/2258. Acesso em: .
Resumo: A diversidade encontrada no meio educacional desafia a comunidade escolar no que se refere a promoção de um ambiente propício para o progresso de seus alunos. Entre os fatores  que podem levar crianças a terem dificuldades no processo de escolarização e aquisição da leitura e escrita encontram-se os transtornos de aprendizagem, entre eles, a dislexia. O  presente estudo procura analisar em que termos o método de Linguagem Estruturado Multissensorial (LEM) pode ser empregado como estratégia metodológica alternativa auxiliar no processo de alfabetização de alunos que apresentam dislexia no ensino fundamental nas séries iniciais. A presente pesquisa caracteriza-se como uma investigação  bibliográfica de cunho qualitativo. O LEM trabalha com aspectos visuais, audíveis, cenestésicos e articulatórios. Portanto, essa metodologia alternativa tem o potencial de  beneficiar o processo de alfabetização de crianças com dislexia ao ensinar a ortografia de modo indissociável do traçado, promovendo a aquisição da leitura e escrita.
Abstract: The diversity found in the educational environment challenges the school community in  terms of promoting an environment conducive to the progress of its students. Among the  factors that can lead children to have difficulties in the process of schooling and acquisition of reading and writing are learning disorders, including dyslexia. The present study seeks to analyze in which terms the Multisensory Structured Language (LEM) method can be used as an alternative methodological strategy to assist in the literacy process of students who have dyslexia in primary education in the initial grades. The  present research is characterized as a qualitative bibliographic investigation. LEM works with visual, audible, cenesthetic and articulatory aspects. Therefore, this alternative  methodology has the potential to benefit the literacy process of children with dyslexia by.
URI: http://bdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/2258
Appears in Collections:TCC - ICIBE - Especialização em Educação Especial e Inclusão Socioeducacional



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons