Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/2609
Title: A avaliação da aprendizagem sob a ótica de um professor com deficiência
Advisor: AQUINO, Ana Cleide Vieira Gomes Guimbal de
Authors: OLIVEIRA, Ilma Fialho de
Keywords: Avaliação da aprendizagem
Centro de atendimento Hallef Pinheiro Vasconcelos
Pessoa com Deficiência - Educação
Colonialidade - Análise
Decolonialidade - Análise
Ensino-aprendizagem - Métodos
Issue Date: 2022
Publisher: UFRA/Campus Belém
Citation: OLIVEIRA, Ilma Fialho de. A avaliação da aprendizagem sob a ótica de um professor com deficiência. Orientadora: Ana Cleide Vieira Gomes Guimbal de Aquino. 2022. 52 f. Monografia (Especialização em Educação Especial e Inclusão Socioeducacional) - Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, Pa, 2022.
Resumo: Este estudo é resultado de uma pesquisa no Centro de Atendimento Educacional Especializado Hallef inheiro Vasconcelos, localizado no município de Breves/PA, que tem como objetivo apresentar reflexões a partir de uma análise decolonial, de elementos que caracterizem a colonialidade do poder, saber e do ser, a partir da narrativa da “História de vida”, mais especificamente, do processo da avaliação da aprendizagem de um professor com deficiência, da Educação Básica ao Ensino Superior, lotado no referido Centro como Professor Especialista em assuntos educacionais. O estudo é de abordagem qualitativa-decolonial, bibliográfico, exploratório, sendo um “Estudo de Caso” do tipo “História de Vida”, tendo como técnica de coleta de dados a técnica da triangulação” e a “entrevista semiestruturada. A análise e interpretação de dados se dá a partir do pensamento decolonial, priorizando as evidencias de três níveis de colonialidade – a do poder, do saber e do ser –, evidenciadas no relato do professor entrevistado. Esclarecesse, que não se teve como objetivo “falar pelo subalternizado”, mas, de criar um espaço por meio do qual este possa falar e ser ouvido. Os resultados da pesquisa apontam que a Pessoa Com Deficiência ainda é pouco compreendida, na sua individualidade, especificidades, necessidades e subjetividade, havendo assim, a necessidade de que esta possa narrar a sua própria história ou minimamente ter a oportunidade, de assim fazê-la, sem se anular, a partir de estudos como estes. E que um pensamento acadêmico ou novo campo teórico universal, só adquire sentido somente “desde” e “com” lutas contra a colonialidade, junto aos movimentos políticos e sociais caracterizados como pensar/ser/fazer/sentir de forma distinta a práxis e a retórica da modernidade, necessitando-se que se faça com “urgência” essa aproximação a partir das instituições de ensino, da educação básica ao ensino superior, uma vez que a legislação brasileira sobre os direitos da Pessoa Com Deficiência nos diversos âmbitos da sociedade, apesar de existirem, não estão conseguindo combater as barreiras atitudinais, que tanto oprimem estes sujeitos subalternizados. E que, a avaliação da aprendizagem calcada em um pensamento positivista, meramente quantitativo e mensurado, empenhados em apenas mostrar resultados por meio do Índice de desenvolvimento da Educação Básica – IDEB, deve ser repensada e substituída, por uma avaliação da aprendizagem que tenha como perspectiva a decolonialidade. Assim, considera-se favorável ao processo ensino-aprendizagem, uma escola que tenha em sua prática, uma avaliação formativa, democrática, libertária, inclusiva e decolonial.
Abstract: This study is the result of research at the Specialized Educational Service Center Hallef Pinheiro Vasconcelos, located in the municipality of Breves/PA, which aims to present reflections from a decolonial analysis, of elements that characterize the coloniality of power, knowledge and be, based on the narrative of the “History of Life”, more specifically, the process of evaluating the learning of a teacher with disabilities, from Basic education to Higher Education, assigned to the aforementioned Center as a Specialist Professor in educational matters. The study has a qualitative-decolonial, bibliographic, exploratory approach, being a “Case Study” of the “Life Story” type, using the “triangulation technique” and the “semi-structured interview” as a data collection technique. The analysis and interpretation of data is based on decolonial thinking, prioritizing the evidence of three levels of coloniality – that of power, knowledge and being –, evidenced in the interviewed professor's report. It should be clarified that the objective was not to “speak for the subordinate”, but to create a space through which the subordinate can speak and be heard. The research results indicate that the Person with Disabilities is still poorly understood, in their individuality, specificities, needs and subjectivity, thus, there is a need for them to be able to narrate their own history or at least have the opportunity to do so, without canceling itself, from studies such as these. And that an academic thought or a new universal theoretical field only acquires meaning “from” and “with” struggles against coloniality, together with political and social movements characterized as thinking/being/doing/feeling in a different way praxis and rhetoric. of modernity, requiring that this approach be made “urgently” from educational institutions, from basic education to higher education, since the Brazilian legislation on the rights of Persons with Disabilities in the various spheres of society, despite to exist, they are not managing to fight the attitudinal barriers, which so oppress these subaltern subjects. And that the assessment of learning based on a positivist thinking, merely quantitative and measured, committed to only showing results through the Basic Education Development Index - IDEB, must be rethought and replaced by an assessment of learning that has as a perspective decoloniality. Thus, it is considered favorable to the teaching-learning process, a school that has in its practice, a formative, democratic, libertarian, inclusive and decolonial evaluation.
URI: bdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/2609
Appears in Collections:TCC - ICIBE - Especialização em Educação Especial e Inclusão Socioeducacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A avaliação da aprendizagem sob a ótica de um professor com deficiência.pdf661,3 kBUnknownView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons