Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/2635
Title: O uso de hortas e quintais produtivos como ferramenta de educação ambiental: Uma prática de agricultura urbana para o desenvolvimento local e segurança alimentar.
Advisor: ARAÚJO, Ana Regina da Rocha
Authors: MARINHO, Raissa Keytth Monteiro
COSTA NETO, Otoniel Monteiro da
Keywords: Educação Ambiental
Segurança alimentar
Quintais produtivos
Hortaliças - Cultivo
Sistemas produtivos diversificados - Produção familiar
Meio ambiente - Preservação
Issue Date: 2022
Publisher: UFRA/ Campus Belém
Citation: COSTA NETO, Otoniel Monteiro; MARINHO, Raissa Keytth Monteiro. O uso de hortas e quintais produtivos como ferramenta de educação ambiental: uma prática de agricultura urbana para o desenvolvimento local e segurança alimentar. Orientadora: Ana Regina da Rocha Araújo. 2022. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Belém, PA, 2022.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar as contribuições dos quintais produtivos e hortas em escolas como ferramenta de educação ambiental, com a finalidade de proporcionar o desenvolvimento sustentável local e conhecimentos acerca da preservação do meio ambiente, produção de alimentos e segurança alimentar. As hortas são caracterizadas como espaços onde cultivam-se diversas espécies de hortaliças, assim como outras variedades de plantas, dentre elas, ervas condimentares e aromáticas. Os quintais produtivos trazem uma proposta de utilização de um espaço que já é parte da composição da paisagem de uma pequena propriedade rural baseada na produção familiar, tais sistemas produtivos diversificados, contribuem para a segurança socioeconômica e alimentar das famílias. Ambos os sistemas ultrapassaram as fronteiras do ambiente rural e quintais das casas e funcionam também como parte das atividades escolares, por meio de práticas de educação ambiental, onde estes são instalados nos terrenos das escolas, sob a supervisão de um responsável, comumente de um professor e com finalidade educativas e recreativas. O estudo foi realizado a partir do levantamento de dados em cinco escolas públicas localizadas no município de Marituba, região metropolitana de Belém, utilizando-se de três modelos diferentes de questionários com perguntas semiestruturadas direcionados a públicos-alvo diferentes, um questionário para os professores, outro para os alunos e outro para o diagnóstico dos espaços utilizados nas escolas. Através da análise dos dados obtidos, informações foram levantadas sobre a finalidade, manejo e dificuldades, onde os resultados mostraram que as escolhas foram para fins educacionais e apontou a falta de assessoramento como uma das principais dificuldades. O projeto de hortas nas escolas, estreita o contato destes alunos e a comunidade escolar com a natureza, contribui para a conscientização dos cuidados com o meio ambiente e na sua preservação, mostrando a origem dos alimentos e sua influência para a saúde. A percepção tanto dos alunos quanto dos professores destaca a importância da educação ambiental, pois esta trabalha a interdisciplinaridade, aumentando os saberes sobre diversos temas, como segurança alimentar e nutricional, meio ambiente, saúde, cultivo de vegetais entre outros. Proporcionando a todos os envolvidos bem-estar, gerando mudanças nas escolas e em seu entorno, visando a promoção da sustentabilidade, fazendo com que suas práticas influenciem diretamente na sociedade.
Abstract: This work has the objective to analyze the contributions of productive backyards and vegetable gardens in schools as an environmental education tool, with the purpose of providing local sustainable development and knowledge about the preservation of the environment, food production and food security. Vegetable gardens are characterized as spaces where several species of vegetables are grown, as well as other varieties of plants, including spices and aromatic herbs. The productive backyards bring a proposal to use a space that is already part of the landscape composition of a small rural property based on family production; such diversified productive systems contribute to the socioeconomic and food security of families. Both systems went beyond the boundaries of the rural environment and backyards and also function as part of school activities, through environmental education practices, where they are installed on school grounds, under the supervision of a person in charge, usually a teacher. and for educational and recreational purposes. This work has the objective to analyze the contributions of productive backyards and vegetable gardens in schools as an environmental education tool, with the purpose of providing local sustainable development and knowledge about the preservation of the environment, food production and food security. The study was carried out from data collection in five public schools located in the municipality of Marituba, metropolitan region of Belém, using three different models, questionnaires with semi-structured questions aimed at different target audiences, a questionnaire for teachers, another for students and another for the diagnosis of spaces used in schools. Through the analysis of the data obtained, information was raised about the purpose, management and difficulties, where the results showed that the choices were for educational purposes and pointed out the lack of advice as one of the main difficulties. The garden project in schools, closer contact between these students and the school community with nature, contributes to raising awareness of environmental care and preservation, showing the origin of food and its influence on health. The perception of both students and teachers highlights the importance of environmental education, as it works with interdisciplinarity, increasing knowledge on various topics, such as food and nutritional security, environment, health, vegetable cultivation, among others. Providing well-being to all those involved, generating changes in schools and their surroundings, aiming at promoting sustainability, making their practices directly influence society.
URI: bdta.ufra.edu.br/jspui//handle/123456789/2635
Appears in Collections:TCC - ICA - Agronomia



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons