Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/3091
Title: Análise comparativa dos métodos de monitoramento de exploração florestal em área de manejo florestal, Monte Alegre - PA.
Advisor: GONÇALVES, Carolina da Silva http://lattes.cnpq.br/5177540458398213
Authors: MINORI, Sayuri Brayd http://lattes.cnpq.br/8329553677111411
Keywords: Manejo florestal - Unidade de conservação
Exploração florestal sustentável - Monte Alegre, Pa
Geotecnologias - Uso
Sensoriamento remoto - Monitoramento ambiental
índices Normalizado por Diferença de Fração (NDFI)
Issue Date: 2023-05-25
Publisher: UFRA/Campus Belém
Citation: MINORI, Sayuri Brayd. Análise comparativa dos métodos de monitoramento de exploração florestal em área de manejo florestal, Monte Alegre - PA. Orientadora: Carolina da Silva Gonçalves. 2023. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Cartográfica e de Agrimensura) - Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Belém, PA, 2023. Disponível em: . Acesso em: .
Resumo: A floresta amazônica é essencial para a sociedade e deve ser manejada de forma sustentável para que seus recursos sejam utilizados com o menor dano possível ao meio ambiente. Nesse contexto, este estudo teve como objetivo avaliar as transformações espaciais na área de manejo florestal da Flota do Paru, verificando o cumprimento da legislação ambiental e comparando os índices de exploração florestal entre as áreas de manejo. Para tanto, foram utilizados os índices Normalizado por Diferença de Fração (NDFI) e Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI), processados na plataforma Google Earth Engine (GEE), e as áreas lassificada pelo software QGIS. Os resultados mostraram que o NDFI é mais eficiente do que o NDVI na identificação da exploração florestal e é menos suscetível à presença de nuvens. Em 2018, os valores de exploração para o NDVI e NDFI foram de 4,876 ha e 1,847 ha, respectivamente. Em 2019, os valores foram de 33,538 ha para o NDVI e 100,159 ha para o NDFI. Já em 2021, os valores foram de 7,458 ha para o NDVI e 18,393 ha para o NDFI. O uso de geotecnologias pode auxiliar na identificação de áreas de florestas que precisam ser protegidas ou recuperadas, bem como na detecção de exploração florestal ilegal e outras infrações ambientais. Conclui-se que uma abordagem mais rigorosa e eficaz no controle da exploração florestal é crucial para garantir a utilização sustentável dos recursos naturais e a conservação do meio ambiente.
Abstract: The Amazon rainforest is essential to society and must be sustainably managed to minimize environmental damage from resource use. In this context, this study aimed to evaluate spatial transformations in the forest management area of the Paru Flota, verifying compliance with environmental legislation and comparing forest exploitation indices between management areas. Normalized Difference Fraction Index (NDFI) and Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) were used, processed in the Google Earth Engine (GEE) platform, and areas classified by QGIS software. The results showed that NDFI is more efficient than NDVI in identifying forest exploitation and is less susceptible to the presence of clouds. In 2018, the exploitation values for NDVI and NDFI were 4,876 ha and 1,847 ha, respectively. In 2019, the values were 33,538 ha for NDVI and 100,159 ha for NDFI. In 2021, the values were 7,458 ha for NDVI and 18,393 ha for NDFI. The use of geotechnologies can help identify forest areas that need protection or restoration, as well as detect illegal forest exploitation and other environmental violations. It is concluded that a more rigorous and effective approach to controlling forest exploitation is crucial to ensuring sustainable use of natural resources and conservation of the environment.
URI: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/3091
Appears in Collections:TCC - ICIBE - Engenharia Cartógráfica e de Agrimensura



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons