Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/3148
Title: Perspectivas das condições higiênico-sanitárias do pescado comercializado nos mercados públicos e feiras livres da região norte do Brasil
Advisor: NUNES, Raquel Soares Casaes
Authors: RIBEIRO, Geovanna Letícia Tenório
Keywords: Pescado - Condições higiênico-sanitária
Manipulação do pescado - Mercados
Feiras livres - Região Norte
Microbiologia de pescado
Issue Date: 2023
Publisher: UFRA/Campus Belém
Citation: RIBEIRO, Geovanna Letícia Tenório. Perspectivas das condições higiênico-sanitárias do pescado comercializado nos mercados públicos e feiras livres da região norte do Brasil. Orientadora: Raquel Soares Casaes Nunes. 2023. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca) – Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Belém, PA, 2023.
Resumo: A região norte apresenta as condições ambientais mais favoráveis ao incremento da produção piscícola no país. Feiras livres e mercados públicos são ambientes de comercialização destes produtos na forma fresca, porém, a venda de pescados e seus derivados nesses espaços pode configurar um risco à saúde do consumidor. O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão bibliográfica sobre as condições higiênico-sanitárias do pescado comercializado nos mercados públicos e feiras livres da região norte do Brasil. Para tal fato foram avaliados artigos publicados entre os anos de 2013-2023 sobre a temática em banco de dados SCIELO (Scientific Electronic Library Online), PUBMED, LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e livros com palavras chaves: “Higiênico-sanitária” “Microbiologia”, “contaminação pescado região Norte”, “Salmonella”, “Staphylococcus aureus”, Escherichia coli, “coliformes totais” sobre a qualidade microbiológica e as condições higiênico-sanitárias das feiras livres e mercados públicos na região Norte do Brasil. Dos vinte artigos analisados todos fazem uma abordagem sobre as condições higiênicos-sanitárias do pescado, segundo a RDC 275/2002, RDC 216/2004 e RDC 724/2022. Foram observados unanimidade quanto as inadequações das condições higiênico-sanitária nos estudos analisados (100%) para aspectos como; infraestrutura, equipamentos, utensílios, práticas de manipulação inadequadas, qualidade e métodos de conservação e na adequação dos produtos ofertados. Dos vinte trabalhos avaliados para este estudo, sete comentavam sobre a presença de Salmonella no pescado. e contaminação microbiológica de pelo menos um microrganismo patogênico dentre estes o S.aureus, E.coli, coliformes totais nas amostras analisadas. Portanto a mudança da precariedade sanitária dos padrões necessários, necessita da intervenção de políticas públicas, investimento em instalações físicas apropriadas para o gerenciamento e planejamento das ações, aquisição de equipamentos e materiais de inspeção, realização de concursos públicos para contratação de uma equipe multidisciplinar e capacitação dos profissionais. Além disso produziu-se um manual técnico de Boas Práticas de manipulação do pescado para ser realizado nos mercados públicos e feiras livres.
Abstract: The northern region has more favorable environmental conditions for increasing fish production in the country. Free fairs and public markets are well received by these products in fresh form, however, the sale of fish and its reflections in these spaces can pose a risk to the health of the consumer. The objective of this article was to carry out a bibliographical review on the hygienic-sanitary conditions of fish sold in public markets and fairs in the north of Brazil, for this purpose, articles published between the years 2013-2023 on the subject in the database SCIELO (Scientific Electronic Library Online), PUBMED, LILACS (Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences) and books with keywords: “Hygienic-sanitary”, “Microbiology”, “account mination of fish in the North region", "Salmonella", “Staphylococcus aureus”, Escherichia coli, Coliformes totais on the microbiological quality and hygienic sanitary conditions of free fairs and public markets in the North region of Brazil. Of the twenty articles analyzed, all address the hygienic-sanitary conditions of fish, according to RDC 275/2002, RDC 216/2004 e RDC 724/2022. Unanimity was observed regarding the inadequacies of the hygienic-sanitary conditions in the analyzed studies (100%) for aspects such as infrastructure, equipment, utensils, fulfilled handling practices, quality and conservation methods and in the adoption of the products offered. Of the twenty studies evaluated for this study, seven would comment on the presence of Salmonella in fish. and microbiological contamination of at least one pathogenic microorganism among them S.aureus, E.coli, total coliforms in the samples left. Therefore, changing the sanitary precariousness of the necessary standards requires the intervention of public policies, investment in physical facilities for the management and planning of actions, acquisition of equipment and adhesion materials, public tenders for hiring a multidisciplinary team and training of professionals. In addition, a technical manual of Good Practices for handling fish was produced to be carried out in public markets and free fairs.
URI: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/3148
Appears in Collections:TCC - ISARH - Engenharia de Pesca



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons