Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/3272
Title: Acarofauna associada ao solo em agroecossistemas e ecossistemas naturais em Igarapé-açu nordeste paraense
Advisor: MARTINS, Ivan Carlos Fernandes
Authors: SANTOS, Taynã Castro
http://lattes.cnpq.br/3239935161808701
Keywords: Prostigmata
Acarofauna - bioindicadores
Mesofauna
Issue Date: 2019
Publisher: UFRA/Capanema
Citation: SANTOS, Taynã Castro. Acarofauna associada ao solo em agroecossistemas e ecossistemas naturais em Igarapé-Açu nordeste paraense. Orientador: Ivan Carlos Fernandes Martins. 2019. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas licenciatura) - Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Capanema, 2019. Disponível em: https://bdta.ufra.edu.br/jspui/submit. Acesso em:
Resumo: Realizar um estudo de levantamento faunístico de uma área é essencial para a compreensão do estado de equilíbrio e integridade ambiental em que se encontra o sistema. Os ácaros são organismos diversos, que podem ser importantes predadores de pragas agrícolas, utilizados também como bioindicadores, além de fazerem parte da cadeia trófica e poderem atuar na decomposição de matéria orgânica. Neste estudo objetivou-se analisar, comparar e verificar abundância, equitabilidade, diversidade e riqueza de espécies de ácaros em ecossistemas naturais e agroecossistemas no Município de Igarapé-Açu-PA, como também verificar a similaridade e a flutuação populacional de ácaros nesses ecossistemas. O estudo foi desenvolvido na Fazenda Experimental de Igarapé-açu – FEIGA, localizada no município de Igarapé-Açu – PA, pertencente à Universidade Federal Rural da Amazônia, UFRA. Determinou-se para o estudo sete ecossistemas: Mata (M), Capoeira (C), Pastagem (P), Milho (A), Mangueira (MG), Citros (L) e Pimenta do reino (PR), diferenciados em tamanho da área, na estrutura e composição da flora. Durante todo o período do estudo foram amostrados um total de 10.562 representantes do grupo Acari, distribuídos em quatro ordens, Prostigmata, Mesostigmata, Astigmata e Oribatida e seis famílias, Ologamasidae, Pachylaelapidae, Liodoidae, Tanaupodidae, Trombidiidae e Erythraeidae. Sendo as mais abundantes as ordens Prostigmata e Oribatida, e entre as famílias, as Trombidiidae e Erythraidae, ambas predadoras. Morfoespécies das famílias Trombidiidae e Erythraeidae foram constantes em todos os sistemas ambientais durante o estudo, colocando-os desta forma, como generalistas. De forma geral os ácaros tiveram picos populacionais na transição da estação seca para a chuvosa. Em relação a áreas, a capoeira (C) teve pico populacional de 6027 ácaros da ordem Oribatida na época chuvosa, isto se deu por esta área apresentar serapilheira como abrigo dos impactos mecânicos da chuva nesses organismos. Portanto este trabalho auxilia para estudos posteriores sobre a acarofauna na região, que devem ser elaborados de forma mais especifica para determinação de potenciais bioindicadores e ácaros predadores para serem utilizados no controlo biológico, favorecendo produtores. da região
Abstract: Carrying out a study of the fauna survey of an area is essential for understanding the state of equilibrium and environmental integrity of the system. Mites are diverse organisms that can be important predators of agricultural pests, also used as bioindicators, besides being part of the trophic chain and can act in the decomposition of organic matter.The objective of this study was to analyze, compare and verify abundance, equitability, diversity and richness of mite species in natural ecosystems and agroecosystems in the Municipality of Igarapé-Açu-PA, as well as to verify the similarity and population fluctuation of mites in these ecosystems. The study was developed at the Experimental Farm of Igarapé-açu - FEIGA, located in the municipality of Igarapé-Açu - PA, belonging to the Federal Rural University of Amazonia, UFRA. Seven ecosystems were evaluated: Mata (M), Capoeira (C), Pasture (P), Maize (A), Mangueira (MG), Citrus (L) and Pepper of the kingdom (PR), differentiated in size area, structure and composition of the flora. A total of 10,562 representatives of the Acari group, distributed in four orders, Prostigmata, Mesostigmata, Astigmata and Oribatida and six families, Ologamasidae, Pachylaelapidae, Liodoidae, Tanaupodidae, Trombidiidae and Erythraeidae were sampled throughout the study period. The most abundant being the orders Prostigmata and Oribatida, and among the families, the Trombidiidae and Erythraidae, both predators. Morphospecies of the families Trombidiidae and Erythraeidae were constant in all environmental systems during the study, placing them in this way, as generalists. In general, the mites had population peaks in the transition from the dry season to the rainy season. In relation to areas, capoeira (C) had a population peak of 6027 mites of the Order Oribatida in the rainy season, this was due to this area presenting litter as shelter of the mechanical impacts of rain in these organisms. Therefore, this helps to further studies on acarofauna in the region, which should be elaborated more specifically for the determination of potential bioindicators and predatory mites to be used in biological control, favoring producers in the region.
URI: http://bdta.ufra.edu.br/jspui/handle/123456789/3272
Appears in Collections:TCC - Capanema - Licenciatura em Ciências Biológicas



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons